Projeto Parques e Jardins Urbanos (2011/|2012)
Projeto Parques e Jardins Urbanos- arte Davi Pinto (2011/|2012)

A série Parques e Jardins Urbanos foi idealizada com intuito de aproximar o cidadão do olhar para uma natureza urbana.  Em meio ao caos das grandes cidades, encontram-se alguns refúgios de natureza. Os benefícios que essas áreas verdes proporcionam no dia-a-dia vão desde diminuição do calor, redução de ruídos, atenuação da radiação para o homem. Por outro lado, esses locais servem de abrigo para fauna e flora. São filtros de ar, mantém os solos férteis e permeáveis. Essas áreas são referências de localização e identidade cultural.  Além disso, são locais de extrema tranquilidade, dos quais os homens podem usufruir para seu lazer, convivendo harmonicamente com o meio ambiente natural.

Central Park | Nova Iorque (2009)
Central Park | Nova Iorque (2009)

O projeto foi patrocinado pelo Parque Botânico de São Luís (VALE). O projeto pretende seguir para outras cidades, levando conhecimento e as particularidades de áreas verdes nacionais e internacionais. A cada cidade visitada, será registrado o parque onde será exibida a Exposição, enriquecendo assim o projeto.

Parque Estadual do Bacanga |São Luís (2011)
Parque Estadual do Bacanga |São Luís (2011)
Cães da raça Bernese Mountain Dog | Parque Ibirapuera (2011)
Cães da raça Bernese Mountain Dog | Parque Ibirapuera (2011)

A série conta com imagens que  mostram áreas relevantes ressaltadas por sua beleza cênica, histórica e/ou ecológica, como nosso primeiro jardim botânico, criado em 1908 por Dom João VI, no Rio de Janeiro; os jardins declarados monumentos vivos e históricos da casa de Rui Bar­bosa, e, também, por aquele criado por Burle Marx no Parque do Flamengo. São Luís é representada pelo Parque Ecológico / Parque Estadual da Lagoa da Jansen, Parque Botânico Vale em São Luís e  Parque Estadual do Bacanga. São Paulo, maior centro urbano da América Latina, con­ta com as paisagens do Ibirapuera e Trianon, além do Parque da Independência.

Orquídea Miltonia Clowesii | Jardim Botânico do Rio de Janeiro (2011)
Orquídea Miltonia Clowesii | Jardim Botânico do Rio de Janeiro (2011)
Jardim Japonês | Buenos Aires (2011)
Jardim Japonês | Buenos Aires (2011)

Os jardins portenhos, como o Jardim Japonês, tem um cunho espiritual, e outro é dedicado às ro­sas – o Rosedal, além do Jardim Botânico de Buenos Aires. Também conta com paisagem invernal em dois momentos e continentes diferentes: o Jardim Henri Lecoq na cidade francesa de Clermont-Ferrand, e o Central Park em Nova Iorque. As imagens do Henri Lecoq são as únicas imagens em preto e branco / analógicas da série.

Cerro San Cristóbal | Chile (2011)
Cerro San Cristóbal | Chile (2011)

A série foi exposta em 2011 no Parque Botânico de São Luís, e teve público total de 27.868 visitantes, durante 2 meses. No ano seguinte, foi convidada a ser exposta na Assembleia Legislativa do Estado Do Maranhão, onde permaneceu por 1 mês.

Todos os direitos reservados para Maria Thereza Soares. 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s